Abicol leva reivindicações a Brasília e vê demandas atendidas

postado em 06 de Dezembro de 2023 11h11

Nesta terça, 05 de dezembro, o presidente da Abicol, Rodrigo de Melo, e a diretora executiva, Adriana Pierini, estiveram em Brasília com o presidente do Inmetro, Márcio André Oliveira Brito, para dar sequência às demandas encaminhadas ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, em encontro realizado dia 27 de novembro. 

 

Rodrigo de Melo lembra que o presidente do Legislativo Federal se mostrou sensível às demandas encaminhadas, que tratavam da revisão de acordos comerciais internacionais, visando assegurar proteção para a indústria colchoeira brasileira; reforço de legislações que garantem a conformidade de todos os colchões comercializados no Brasil; retorno da anuência de importação e agilidade na revisão de regulamentos compulsórios; medidas que protejam a indústria nacional contra a concorrência desleal, evitando a comercialização impune de colchões que não atendem as normas estabelecidas, entre outras. 

 

“Na segunda agenda em Brasília fomos muito bem recebidos pelo presidente do Inmetro, Márcio André Oliveira Brito, que acatou de forma positiva nossas demandas, que pedem a reconsideração da classificação de risco do produto colchão para o nível 3, e o retorno da obrigatoriedade de registro e de anuência de importação;  atualização das Portarias INMETRO/ME números 35- de 05/02/2021 e 75 - de 04/02/2021, integrando a nova norma ABNT NBR 17034 Colchões e colchonetes – Terminologia, Requisitos e Métodos de Ensaio, evitando descompasso com a norma técnica e desvinculação de documentos de normas canceladas; realização de ações dirigidas em feiras de colchões para coibir a exposição e comércio de produtos não conformes, demonstrando ao mercado e à sociedade que práticas irregulares e o descumprimento dos regulamentos não serão mais tolerados; planejamento de ações de vigilância de mercado considerando o apoio, a força de trabalho e os recursos operacionais e/ou financeiros do Observatório dos Colchões”, elenca Rodrigo.

 

leia: Abicol pede a Arthur Lira proteção contra importação de colchão

 

Márcio André Oliveira Brito recebe, das mãos de Rodrigo de Melo, documento com as demandas da Abicol 

 

Segundo ele, toda a defesa da Abicol teve com base a relevância da indústria de colchões para a economia nacional, seu papel na geração de empregos e no desenvolvimento regional bem como a importância dos colchões na qualidade de vida e até na preservação da saúde das pessoas.

 

“Ficamos muito satisfeitos em encerrar o ano com estas conquistas, já que era algo que afligia todo o setor. E somos imensamente gratos ao presidente do Inmetro pela sensibilidade para entender a importância das ações pleiteadas e por se colocar à disposição da entidade em implementação das demandas”, concluiu o presidente da Abicol.